7. Repositório de Materiais

 

Já realizou alguma obra de reabilitação e sentiu a necessidade de procurar materiais da mesma época de construção?

Valoriza a reutilização de materiais antigos, nobres, únicos, com valor patrimonial?

Já teve materiais de construção resultantes de obras de reabilitação/demolição, com potencial de reutilização e não soube para onde os encaminhar?

o

O Repositório de Materiais surge como uma resposta a estas questões, tão pertinentes no momento atual, dinamizando e fomentando uma interface da reabilitação urbana sustentável, para a salvaguarda e reutilização deste tipo de materiais, reflexo da nossa história e saberes construtivos tradicionais.

Trata-se de uma Rede de Repositórios de Materiais de Construção, que procura reunir e centralizar num serviço de consulta web as relações entre as várias entidades que guardam estes materiais e quem procura – vídeo de apresentação.

 

 

Catalogação On-line

Disponibilizamos o acesso a uma catalogação on-line em fase piloto, para a divulgação e aquisição de materiais antigos/usados em bom e médio estado de conservação. Basta aceder aos seguintes links:

CATALOGAÇÃO ON-LINE

CATALOGAÇÃO ON-LINE [Encerramentos de vãos de madeira]

FORMULÁRIO DE CONTACTO

A catalogação on-line destina-se ao público em geral, mas sobretudo a técnicos da construção, empresas de construção/demolição, câmaras municipais, proprietários e outras entidades envolvidas na reabilitação urbana, que encontrarão aqui uma ferramenta essencial para as suas atividades.

Os materiais catalogados pertencem a entidades parceiras do projeto, e estão disponíveis para visita mediante marcação. Se tiver interesse em algum material catalogado, por favor preencha o formulário de contacto acima indicado.

De modo a acompanhar todas as novidades sobre o Repositório de Materiais, poderá registar o seu contacto na nossa newsletter, bem como seguir a nossa página no facebook.

 

Missão

O Repositório de Materiais nasce de uma reflexão sobre a envolvente atual, tendo ao mesmo tempo uma componente patrimonial, ambiental, cultural e social.

Promove boas práticas de reabilitação urbana sustentável, envolvendo técnicos, construtores, promotores, instituições de gestão local, entidades educativas, a comunidade em geral e outras entidades na mesma missão:

. Salvaguardar e disponibilizar materiais de construção antigos, possibilitando reabilitar edifícios com materiais contemporâneos da construção, alguns com particular valor patrimonial;

. Proteger e valorizar o património construído de forma integrada: estrutura e arquitetura, interior e exterior;

. Divulgar e valorizar os saberes construtivos tradicionais e a identidade local;

. Sensibilizar a sociedade para uma economia de recursos e proteção ambiental, reduzindo o desperdício e a formação de aterros.

o

Posicionamento

Atualmente, o Repositório de Materiais encontra-se numa fase piloto, com as suas atividades localizadas na zona norte de Portugal. Numa fase posterior o âmbito de atuação será alargado a nível nacional.

o

Visão

No momento de implementação e divulgação ao público do Repositório de Materiais registam-se algumas relações entre quem procura materiais de construção antigos/usados e quem possui, embora a uma pequena escala. Após a sua criação, espera-se que a ligação entre todos os intervenientes no ciclo de vida destes materiais se expanda e fortaleça, tornando-se o Repositório de Materiais numa referência global no contexto atual da reabilitação urbana.

Este processo de crescimento passa pela agregação à rede do Repositório Materiais de novas entidades como municípios, empresas de construção e demolição, entre outras, que encontrarão vantagens em criar condições de armazenamento e catalogação destes materiais, proporcionando a sua aquisição pela comunidade local.

Deste modo, o Repositório de Materiais está disponível para o estabelecimento de novas parcerias, bastando para isso contactar-nos.

o

Apoios / Reconhecimentos públicos

Como projeto inovador, o Repositório de Materiais tem conquistado o público, obtendo uma Menção Honrosa e Prémio de Incubação pelo Centro de Inovação Social do Porto da Câmara Municipal do Porto, bem como Bolsas do Passaporte para o empreendedorismo, promovidas pelo IAPMEI, e foi Finalista no Green Project Awards. Mais recentemente, foi reconhecido pelo Ministério do Ambiente como um bom exemplo de Economia Circular no país. 

logos-apoios

o

Contacto

Poderá contactar-nos para qualquer questão para bolsamateriais@aprupp.org.

Para visitar os materiais catalogados, o contacto será através deste formulário.

o

Respostas a perguntas frequentes

Disponibilizamos algumas questões adicionais sobre o modelo de funcionamento do Repositório de Materiais, tais como:

  1. Que tipo de materiais posso adquirir?
  2. Quais são as vantagens de adquirir este tipo de materiais?
  3. De que forma posso consultar os materiais disponíveis?
  4. Onde estão localizados os armazéns da rede do Repositório de Materiais?
  5. Quem estará presente para me receber em cada armazém?
  6. De que forma posso adquirir os materiais?
  7. Como se procede para o transporte dos materiais?
  8. Qual a garantia na aquisição deste tipo de materiais antigos/usados?
  9. Não encontro na catalogação on-line os materiais que procuro. Podem tentar localizar?
  10. Represento uma empresa de construção/demolição. Que vantagens tenho em contribuir para a triagem e valorização dos Resíduos da Construção e Demolição (RCD)?
  11. Tenho materiais de construção antigos com potencial de reutilização, que não pretendo usar. O que posso fazer para encaminhar os materiais para o Projeto Repositório de Materiais?

o

Equipa

O Repositório de Materiais tendo vindo a ser desenvolvido num grupo de trabalho da APRUPP, num enquadramento legal sem fins lucrativos. Se pretender colaborar connosco como voluntário, por favor contacte-nos.

Coordenação: Cláudia Cardoso

Elementos: Ana Soraia Castanheira, Filipa Figueiredo, Jerónimo Botelho, Lígia Sampaio, Marta Guerreiro, Raquel Oliveira e Rita Silva.

o

Parceiro institucional

Centro de Inovação Social do Porto, da Câmara Municipal do Porto.

o

Apresentações públicas / Entrevistas / Reportagens / Publicações

Reportagem para o Jornal da Tarde da RTP1 (Maio 2017);

Entrevista para o programa de rádio “Portugal em Direto” da Antena 1 (Abril, 2017);

Entrevista para o programa de rádio “Portugal Século XXI” da Radio Latina, rádio portuguesa no Luxemburgo (Abril, 2017);

Artigo no jornal Público “Portas e janelas procuram nova casa para habitar (Abril, 2017);

Evento de Apresentação de Iniciativas de Promoção do Centro Histórico, integrando o programa de Comemoração do Dia dos Centros Históricos organizado pelo Núcleo de Arquitectos da Região Centro (Março, 2016);

Tertúlia “A equação económica na reabilitação do edificado”, integrando o programa da Semana Europeia do Desenvolvimento Sustentável, sob a organização da Porto Vivo, SRU e a APRUPP (Junho, 2015);

Conferência “Reabilitação Urbana”, organizada pela Associação de Desenvolvimento de São João da Madeira (Novembro, 2014).

o

Colaboração em projetos de reabilitação urbana

Encaminhamento de materiais antigos provenientes de obras de demolição, para a Reabilitação de um Edifício do Porto, no âmbito da Summer School 2016, organizada pela Critical Concrete (Agosto, 2016);

Encaminhamento de madeiras antigas provenientes de obras de demolição, para reutilização numa intervenção de reabilitação urbana em Aveiro, no âmbito do projeto VivaCidade Aveiro, organizado pela Câmara Municipal Aveiro, SETEPÉS e a 4iS-Plataforma para a Inovação Social (Março, 2015).