Jornadas Europeias do Património 2022 | Braga | 23, 24 e 25 de Setembro

A Fundação Bracara Augusta, com o apoio da APRUPP [Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património], juntamente com outras instituições locais, está a organizar um programa para as comemorações das Jornadas Europeias do Património 2022 que este ano decorrem a 23, 24 e 25 setembro, subordinadas ao tema “Património Sustentável”, explorando possíveis medidas para proteção doo rico e diversificado património cultural e tendo como foco o papel ativo das comunidades e do património no processo de construção de um futuro mais sustentável e resiliente. Estas Jornadas Europeias do Património (JEP), enquanto iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia, são o evento cultural mais amplamente celebrado e partilhado pelos cidadãos da Europa.

Em Braga, o programa proposto prevê três dias de discussão e visitas guiadas, envolvendo vários parceiros institucionais e associações que têm o património e a sustentabilidade como o seu maior desígnio

A primeira conferência, que acontece no dia 23 de setembro, pelas 18 horas, no Museu D. Diogo de Sousa, intitulada “Uma agenda coletiva para a Cultura e para a salvaguarda do Património”, contará com a presença de Cláudia Leite, responsável pela Candidatura de Braga a Capital da Cultura, de Manuel Sarmento, em representação da ASPA e de Manuela Martins, da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho. A moderação deste primeiro debate está a cargo de Daniel Miranda da Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património.

A segunda conferência está agendada para o dia 24 de setembro, pelas 17 horas, no Centro de Memórias do Bom Jesus, com o painel “Bom Jesus, Paisagem Cultural da Humanidade: os desafios à comunidade e às instituições para a salvaguarda do bem”a cargo do Arq.º João Carlos dos Santos da Direção Geral do Património Cultural e que contará com Ricardo Rio; Teresa Andresen e Varico Pereira numa mesa redonda moderada por José Carlos Miranda da Universidade Católica Portuguesa.

No âmbito das Jornadas estão ainda agendadas três visitas guiadas ao património (gratuitas) sujeitas a inscrição para o email fba@cm-braga.pt . A primeira visita será ao Bom Jesus do Monte, no dia 24 de setembro, pelas 16h00 e será dinamizada por Fábio Rio da Confraria do Bom Jesus e tem como ponto de encontro a entrada base do Elevador do Bom Jesus do Monte.

A segunda visita guiada está prevista para dia 25 de setembro, pelas 10h30, ao Complexo Eco Monumental das Sete Fontes, subordinada ao tema “Sete Fontes: Património, Sustentabilidade e Biodiversidade”, e contará com a participação de Miguel Bandeira (FBA), Rui Morais (AGERE) e Pedro Teixeira Gomes do Departamento de Biologia da Universidade do Minho. O ponto de encontro é junto à rotunda/ entrada lateral do Retail Center. Esta visita inclui a entrada nas galerias, por esse motivo aconselhamos a utilização de lanternas e de calçado impermeável.

A terceira visita está agendada para a tarde do dia 25 de setembro, pelas 16h30, à Zona Arqueológica da Cividade e será dinamizada por Manuela Martins da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho. A visita tem como ponto de encontro a entrada das Termas do Alto da Cividade.

Pretende-se com esta iniciativa promover o acesso ao património, convidando à participação ativa na descoberta de uma herança cultural comum, implicando o envolvimento dos cidadãos europeus com o património cultural. Os objetivos principais são reforçar os sentimentos de identidade cultural, de memória coletiva e de afirmação de um património comum cuja riqueza reside na sua diversidade.