Tertúlia nº4: “Da (In)visibilidade: Arquitectura e Reabilitação”

A APRUPP – Associação para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património associa-se à iniciativa “ARQ‐ OUT 2012” da Ordem dos Arquitetos organizando uma tertúlia dedicada ao tema “Da (In)visibilidade: Arquitectura e Reabilitação”. Com esta tertúlia pretende‐se uma conversa informal entre técnicos e interessados no tema e, pôr em discussão algumas destas questões: Deve o arquiteto ser “invisível” a projetar num edifício classificado? Por que ser invisível quando se deseja ser incrível? Quão devem ser invisíveis as infraestruturas em edifícios existentes? É a reabilitação uma arquitectura menor? A autoria dilui‐se nos regulamentos? Quem é o verdadeiro autor de um palimpsesto arquitetónico? Na reabilitação, onde começa e onde acaba a autoria?

[NOTA: Por impedimento de última hora o arqº Nuno Grande não poderá estar presente. No seu lugar estará presente o arqº João Carlos dos Santos].

PARTICIPANTES:
Nuno Valentim (Porto, 1971) ‐ Licenciado em Arquitetura pela FAUP (1995) e Mestre em Reabilitação do Património Edificado pela FEUP (2007). É docente na FAUP desde 2005 onde desenvolve Tese de Doutoramento na área do projeto de reabilitação. Colaborou com José Gigante entre 1995/2004 e exerce atividade profissional independente desde 1994 contando com diversas conferências e obras expostas e publicadas nacional e internacionalmente. Foi finalista do Prémio Enor 2007 (Capela do CREU‐IL, Porto), dos Prémios FAD 2009 (Centro de Apoio a Imigrantes São Cirilo e Edifício de Escritórios, Porto), do Prémio ENOR 2011 (Pavilhão de Acolhimento da Escola Francesa do Porto) e recebeu a Menção Honrosa do Prémio IHRU 2011 (Remodelação e Ampliação de Duas Habitações em Edifício do séc. XIX, Porto). Pelo conjunto da obra do gabinete, em 2011 a Menção “Highly Commended” dos Prémios “WAN 21 for 21” (21 Arquitetos para o Século 21).

Prof. Dr. Vasco Peixoto de Freitas, Professor Catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, é autor ou co‐autor de mais de 300 publicações científicas de didáticas nos domínios da higrotérmica, patologia e reabilitação de edifícios. A sua mais recente publicação é o Manual de Apoio ao Projecto de Reabilitação de Edifícios Antigos (Coordenador). É consultor nos seguintes domínios: Comportamento higrotérmico de edifícios. Patologia e reabilitação de edifícios. Ventilação natural de edifícios. Comportamento térmico. Comportamento acústico.

João Carlos dos Santos é doutorando em arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, mestre em Restauro Arquitectónico pela Escuela Técnica Superior de Arquitectura de La Coruña e licenciado em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa. É coordenador do sector de Obras, Conservação e Restauro da Direcção de Serviços dos Bens Culturais da Direcção Regional da Cultura do Norte e integrou anteriormente o Instituto Português do Património Arquitectónico. Exerce actividade docente no curso de Arquitectura da Universidade Lusófona do Porto e no Curso de Arquitectura da Universidade Católica de Viseu, tendo leccionado também no Curso de Arquitectura da Escola Superior Artística do Porto. 2011_Nomeado pelo Júri para o prémio SECIL de Arquitectura 2010 com o projecto de Recuperação e Reabilitação do Mosteiro de Tibães em Braga; 2010_“Alta Comenda” do Prémio Europa Nostra 2010, com o projecto de recuperação e reabilitação do Mosteiro de Tibães; 2009_1º Prémio | Medalha de Ouro na Bienal de Miami + Beach, EUA com o Projecto de Recuperação e Reabilitação do Noviciado, Ala Sul e Claustro do Refeitório do Mosteiro de S. Martinho de Tibães, em Braga; 2002_Prémio de promoção privada INH 2002, com um empreendimento de 48 fogos em Milheiros, na Maia; 1997_Prémio “3ª Bienal Internacional de Arquitectura de S. Paulo”, no Brasil, na categoria “Património Histórico”, ao qual concorreu com o Projecto da Biblioteca Municipal de Moncorvo, de que é co-autor.

MODERAÇÃO:
Adriana Floret (Minas Gerais, 1976) ‐ Licenciada em Arquitetura pela Universidade Lusíada do Porto (2000) e Pós‐graduada em Reabilitação do Património Edificado pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (2009). Sócia fundadora e presidente da direção da APRUPP ‐ Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património.

LOCAL: Pensão Favorita (Rua Miguel Bombarda 267, Porto)

HORA: 21:00

Anúncios